Como foi participar de um supletivo data hackers como apresentador?

Há alguns dias tive a oportunidade de participar como apresentador em um dos famosos supletivos da comunidade data hackers, neste post vou compartilhar como foi e porquê você também deveria participar de um.

O último post deste famigerado blog foi sobre como acessar remotamente uma spark session no azure databricks (acesse aqui), como é algo relacionado a engenharia de dados resolvi compartilhar com a comunidade no canal de data engineering e eis que recebo um convite inesperado do Rodrigo Teoria:

Rodrigo Teoria me dando cagaço logo às 10 da manhã

Apesar do cagaço, aceitei o convite, só que alguns minutos depois o Teoria ataca novamente no canal de data engineering da comunidade:

Assim você me infarta, Teoria

Mas por que esse cagaço todo?

Atualmente o Data Hackers conta com mais de 38K membros no slack e mais de 33K membros somente no canal de data engineering, é a maior comunidade de dados do Brasil e está cheia de profissionais de altíssimo nível.

Apesar de atuar como engenheiro de dados há algum tempo e ter experiência lecionando disciplinas de engenharia de dados em algumas instituições, na minha avaliação pessoal, ainda estou longe de ser uma referência no assunto, o que não é uma verdade para vários colegas da comunidade.

Isso me deixou bastante inseguro, mas resolvi seguir a máxima: Tá com medo? Vai com medo mesmo!

Após a postagem do Teoria, Nicolas e Gabriel se juntaram a nós e seguimos o seguinte caminho até o dia live:

  • Criação da apresentação no google slides: logo que topei montar o supletivo o Teoria criou um slide para iniciarmos o processo criativo.
  • Criação de um grupo com os envolvidos: esse grupo foi criado para discutirmos como iriamos abordar os temas, nível de profundidade, etc.
  • Construção dos slides: definimos alguns temas que julgamos importantes para iniciantes, montamos um esqueleto da apresentação e depois refinamos visualmente.
  • Reunião pré-apresentação: antes da apresentação nos reunimos para aprender a utilizar o streamyard, definir a ordem e o que cada um iria falar.
  • Apresentação: enfim, chegou a hora da verdade, onde apresentamos o conteúdo que construímos.

O Teoria foi super prestativo ao longo do processo de criação e fazia questão de lembrar que estávamos preparando um conteúdo para iniciantes e o objetivo era fazer com que mais pessoas entendessem o porquê o apache spark foi criado e como ele é utilizado no dia-a-dia.

Fizemos aproximadamente 1h40min de live, onde a maioria do tempo foi interagindo com a comunidade e respondendo perguntas, que era a parte que eu mais temia (e se eu não soubesse o que a galera perguntasse?), porém, percebi que isso era só loucura da minha cabeça, a galera estava lá para trocar uma idéia e experiências sobre o assunto, não havia problema não saber como responder uma dúvida ou outra.

Ao fim do processo, tive oportunidade de conhecer mais de perto três profissionais sensacionais (Teoria, Nicolas e Gabriel), contribuir para a comunidade e aprender muito! O que posso dizer ao fim disso tudo para vocês é não deixe de contribuir para a comunidade por medo de não ser bom o suficiente, você vai se surpreender com o tanto de coisas legais que pode aprender durante esse processo.

Enfim, escrevi este post para encorajar mais pessoas a contribuírem com a comunidade, por último, fica aqui o convite para assistir o Supletivo Apache Spark – Data Hackers.

Supletivo Apache Spark – Data Hackers

Grande abraço e até a próxima!

2 comentários em “Como foi participar de um supletivo data hackers como apresentador?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s